Óleo bom para fritar!

lula-frita

Óleo de canola

Equivalente a um azeite de oliva. Tem muito ácido graxo monoinsaturados (igual do azeite). Essas características faz com que sejam bons na prevenção de doenças do coração. Usa-se para temperar saladas e refogas.

Óleo de girassol

Não é bom para fritura. Prevenção de doenças cardiovasculares – muito ácidos graxos poli- insaturados. Usa-se para temperar saladas e refogas.

Óleo de milho

Resiste à temperatura por mais tempo e em temperaturas elevadas. É neutro, não dá pra perceber o sabor.

Óleo de soja

Para quem tem um paladar mais apurado, sente o sabor residual. Como o brasileiro, por conta do preço consome muito óleo de soja, não sente essa diferença. Já quem consome óleo de milho, por exemplo, sente essa diferença.

Tem um nível elevado de ácidos graxos insaturados. Com a fritura, na medida em que o óleo eleva a temperatura, sofre alterações em sua estrutura. Um óleo não pode ser aquecido, pela legislação, mais que 180º C. Acima disso, triglicerídeos se quebram e liberam substâncias prejudiciais à saúde. Causa dor de estômago, azia, indigestão. Pode ser utilizado, mas o de milho é o mais adequado para a fritura.

Fritura que o alimento fica encharcado, pesado, escuro – resultado da reutilização do óleo que já estava desgastado.

Conservação: Respeitar a temperatura, coar e guardar em lugar escuro (não deixar em vidro, exposto à luz). Então, pode usar novamente. Não deixar na frigideira, dentro do forno. Em contato com o ar, oxida.

Dica: abaixa e fica com os olhos no nível da frigideira, quando começar a sair uma fumacinha bem clarinha, está na temperatura exata.

, , , ,

Ninguém comentou ainda, Seja o primeiro(a).

Deixe uma resposta