Guia Michelin é lançado no Brasil

Alunos e docentes de Gastronomia da Anhembi Morumbi. Ao centro, Marina Tonete, coordenadora do Centro de Gastronomia e Rosa Moraes, diretora de Hospitalidade da Laureate Brasil

Alunos e docentes de Gastronomia da Anhembi Morumbi. Ao centro, Marina Tonete, coordenadora do Centro de Gastronomia e Rosa Moraes, diretora de Hospitalidade da Laureate Brasil

Um jantar marcou a chegada do Guia Michelin ao Brasil no dia 8 de abril. Para a ocasião, alunos e docentes da Anhembi Morumbi buscaram inspiração em pratos tradicionais da culinária brasileira para produções servidas aos convidados do evento, entre eles, a apresentadora Palmirinha Onofre, o chef Carlos Bertolazzi e Rosa Moraes, diretora de Turismo e Hospitalidade da rede de universidades Laureate Brasil.

Sob o comando do professor Luiz Perin, que ministra aulas de Cozinha Regional Brasileira na instituição, docentes e alunos da Universidade Anhembi Morumbi prepararam releituras de dois pratos tradicionais da culinária nacional: Picadinho de Filé Mignon, com Farofa de Bagaço de Castanha-do-pará e Banana da Terra no Melaço de Cana; e Moqueca de Palmito Pupunha com Azeite de Coentro, Leite de Castanha-do-pará e Pimenta Biquinho.

Moqueca de palmito pupunha com azeite de coentro, leite de castanha-do-pará e pimenta biquinho

Moqueca de palmito pupunha com azeite de coentro, leite de castanha-do-pará e pimenta biquinho

Para Perin, participar do serviço de um evento importante como este é uma grande oportunidade para o aluno conhecer como funciona um buffet na prática. “Na Universidade o aluno tem todos os recursos que precisa. Em um evento, é preciso trabalhar com os recursos disponíveis e efetuar um bom serviço”, afirma. “Além disso, os estudantes puderam ver seus mestres em um ambiente profissional, atuando como chefs”, completa.

A versão brasileira da publicação, que finca sua bandeira na América Latina pela primeira vez, reconhecendo os melhores restaurantes do Rio de Janeiro e São Paulo, já está disponível nas bancas de todo o país.

O Guia Michelin classifica os restaurantes por estrelas, sendo três, o máximo alcançado. No Brasil, o paulistano D.O.M, do chef Alex Atala, está no topo da lista, com duas estrelas. Receberam uma estrela, 16 restaurantes. Outros 25 ganham o selo Bib Gourmand, que identifica casas com bom custo-benefício. A lista completa possui 145 restaurantes e 48 hotéis.

Ninguém comentou ainda, Seja o primeiro(a).

Deixe uma resposta

e327e8a7d040a5b8cf01a20f5338b9f0DDDDDDDDDDDDDDDD